DestaquesExecutivo

EM POÇO DANTAS: Vereador denuncia que prefeitura não libera ambulância para pegar pacientes e população se revolta.

A Lei Federal n.º 8080/1990 prevê em seu artigo 2º que a saúde é um direito fundamental do ser humano, devendo o Estado prover as condições indispensáveis ao seu pleno exercício.

O vereador da oposição  do município de Poço Dantas, Nildo de João  de Mauro (Solidariedade), denunciou o atendimento que é dado pela prefeitura aos pacientes que são levados para os Municípios de Sousa e Cajazeiras.

“Em Tanques  a Sra. Salete precisou de uma ambulância para levar sua filha para uma consulta em Sousa. Salete falou com Rosângela e esta falou que o carro estava quebrado. Falei com o chefe do Departamento de Transportes, Maciel de Sousa Nascimento e com o secretário  Municipal de saúde, Carlos Alexandre Alves Duarte. A senhora Salete falou com a chefe de Gabinete da Prefeitura Municipal de Poço Dantas, Claudineide Baltazar que respondeu a D. Salete “procure o seu vereafor”, disse o vereador Nildo de João de Mauro.

“O Departamento de Transportes da Prefeitura Municipal de Poço Dantas está negando os veículos da saúde para o transporte de pacientes que precisam realizar exames nos Municípios de Sousa e Cajazeiras. Estão  fazendo politicagem com os veículos da Administração Publica”, denuncia  Damião Pereira.

A Lei Federal n.º 8080/1990 prevê em seu artigo 2º que a saúde é um direito fundamental do ser humano, devendo o Estado prover as condições indispensáveis ao seu pleno exercício.

ÁUDIO DO  VEREADOR NILDO

ÁUDIO DO LÍDER COMUNITÁRIO DAMIÃO

 

Fabio Kamoto

Especialista em Marketing Político e Digital, Publicitário, Radialista, atua desde 2006 no jornalismo político. Passou pelas pelas Rádios Progresso e Jornal AM, Sousense FM, Líder FM e Mais FM.

Leia também

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *

Botão Voltar ao topo