Executivo

NO RN: Escola municipal totalmente abandonada pela gestão na cidade de Venha-Ver; CONFIRA.

A escola municipal Pedro Trajano Torres no município de Venha-Ver/RN no Alto Oeste Potiguar está completamente abandonada pela gestão municipal. A nossa reportagem recebeu alguns registros através de pais de alunos, onde mostra o verdadeiro abandono, a Prefeitura Municipal não demostra nenhum respeito pelo bem público, o que configura um total desrespeito para com a população, em especial com as crianças, que muito em breve devem usar a estrutura para estudar.
 
Infelizmente a educação está a desejar, com isso as crianças estão sofrendo e com tanto impostos sendo pago e a população tendo que conviver com situações como esta, onde está o dinheiro, cadê os representantes da câmara municipal para cobrar e tomar providencias.
 
As fotos que vocês estão vendo nesta reportagem é da estrutura da Escola Municipal Pedro Trajano Torres que a prefeitura oferece para os adolescentes se preparar para o futuro. Uma vergonha!.  Dizem que o futuro do Brasil passa pela educação. Mas, a julgar por esta Escola, o futuro será pior que o passado.
 
O Ministério Público e Câmara de Vereadores do município devem agir com mais rigor na fiscalização e controle dos recursos públicos empregado nesse município. A malversação dos recursos públicos é claro e evidente!

O nosso Blog deixa o espaço para os responsáveis pela escola ou autoridades que queira se manifestar deixando seu esclarecimento.

9k= - NO RN: Escola municipal totalmente abandonada pela gestão na cidade de Venha-Ver; CONFIRA.

2Q== - NO RN: Escola municipal totalmente abandonada pela gestão na cidade de Venha-Ver; CONFIRA.

Z - NO RN: Escola municipal totalmente abandonada pela gestão na cidade de Venha-Ver; CONFIRA.

Fabio Kamoto

Especialista em Marketing Político e Digital, Publicitário, Radialista, atua desde 2006 no jornalismo político. Passou pelas pelas Rádios Progresso e Jornal AM, Sousense FM, Líder FM e Mais FM.

Leia também

Deixe um comentário

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *