Executivo

Coordenação da Vigilância Ambiental da prefeitura de Aparecida abre BO na Policia Civil para denunciar casos de envenenamento e mortes de cachorros e gatos na cidade.

O fato lamentável vem acontecendo com frequência, e por toda cidade já tem indícios dessa perversidade humana.

Muitos populares e criadores de animais domésticos em Aparecida têm ficado revoltados com episódio de uma ação criminosa e desumana, onde alguém estaria envenenando gatos e cachorros na cidade. Pessoas cruéis estão espalhando veneno em restos de comida e atraindo os animais. Devido o alto grau de toxicidade da substância colocada, alguns ficam agonizando até morte.

O fato lamentável vem acontecendo com frequência, e por toda cidade já tem indícios dessa perversidade humana. Infelizmente ainda não há suspeitas. Nesta segunda-feira 24, o prefeito João Neto, incumbiu o coordenador da Vigilância Sanitária, Fábio Lacerda, fazer um Boletim de Ocorrência (BO) na Polícia Civil, para que a polícia adote as medidas cabíveis, e possa começar uma linha de investigação sobre os casos.

Ainda nas redes sociais a prefeitura de Aparecida publicou uma nota de repúdio, destacando que atos dessa natureza não podem ser ocultados, precisa do apoio da sociedade e de todas as pessoas que se sensibilizam com a causa, para que os culpados possam ser identificados e punidos, e que a justiça possa agir imediatamente, atribuindo às sanções conforme a lei.

A denúncia de maus-tratos aos animais é legitimada pelo Art. 32, da Lei Federal nº. 9.605, de 12.02.1998 e pela Constituição Federal Brasileira. A Polícia Militar pode ser acionada por qualquer popular, por dois telefones para o atendimento: o 190, e o 181, da Polícia Civil. O sigilo do denunciante será preservado.

BO APARECIDA - Coordenação da Vigilância Ambiental da prefeitura de Aparecida abre BO na Policia Civil para denunciar casos de envenenamento e mortes de cachorros e gatos na cidade.

Fabio Kamoto

Especialista em Marketing Político e Digital, Publicitário, Radialista, atua desde 2006 no jornalismo político. Passou pelas pelas Rádios Progresso e Jornal AM, Sousense FM, Líder FM e Mais FM.

Leia também

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *

Botão Voltar ao topo