DestaquesParaíbaPolicial

PM age rápido e prende Policial Penal suspeito de matar homem e balear 03 em bar na cidade de Bernardino Batista após vitória do Palmeiras na Libertadores.

O suspeito não fugiu do local, permanecendo até a chegada da Polícia Militar de Bernardino Batista, que prendeu o mesmo em flagrante.

O policial penal identificado como Silvio Egídio foi preso em flagrante na noite deste sábado (27) no município de Bernardino Batista, suspeito de matar a tiros o senhor Emanuel Alexandre da Silva, de 47 anos, que morreu no local, e mais três feridas identificadas como Aleidson Batista dos Santos, de 27 anos; João Batista Alves de Sousa, de 17 anos; e Valdifrance Batista de Andrade, de 40 anos, a tragédia aconteceu em um bar no centro da cidade após as comemorações da vitória do Palmeiras que ganhou a final da Libertadores. Todos os feridos foram socorridos ao HRC pelo SAMU.

Entenda o caso.

Segundo informações, alguns torcedores do Flamengo e do Palmeiras estavam em um bar, quando entraram em discussão por causa de futebol, sendo que um torcedor flamenguista identificado por Silvio Egídio efetuou alguns disparos de arma de fogo, possivelmente de revólver, contra três palmeirenses, deixando como vítima fatal o senhor Emanuel, e mais três feridos.

O suspeito não fugiu do local, permanecendo até a chegada da Polícia Militar de Bernardino Batista, que prendeu o mesmo em flagrante.

 

VEJA MAIS :  LAMENTÁVEL: Homem é morto a tiros e outras três pessoas ficam baleadas em bar após final da Libertadores, em Bernardino Batista

https://fabiokamoto.com.br/lamentavel-homem-e-morto-a-tiros-e-outras-duas-pessoas-ficam-baleadas-em-bar-durante-final-da-libertadores-em-bernardino-batista/

Fabio Kamoto

Especialista em Marketing Político e Digital, Publicitário, Radialista, atua desde 2006 no jornalismo político. Passou pelas pelas Rádios Progresso e Jornal AM, Sousense FM, Líder FM e Mais FM.

Leia também

Deixe um comentário

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *

Botão Voltar ao topo