Política

POÇO DANTAS: Zé Almeida presta entrevista e denuncia que há dois anos município não recebe verbas Federais porque gestão não está no CADIN

O pré-candidato a prefeito pela oposição de Poço Dantas, empresário Zé Almeida (Solidariedade) concedeu uma entrevista nesta sexta-feira (26) ao Programa Balanço Geral da Max Correio FM apresentado pelos radialistas Fábio Kamoto, Everton Rodrigues, João Andrade e Vicentinho Almeida. O empresário Zé Almeida estava acompanhado do pré-candidato a vice-prefeito, ex-presidente da Câmara Municipal, Dedé de Assis (Solidariedade), do vereador Rildo Almeida (Solidariedade), do assessor jurídico, advogado Francisco Romano Neto, do ex-secretário de Obras, Rufino Almeida, do segundo vice-presidente do Solidariedade, Filipe França Maciel, da secretária do Movimento Sindical, professora Erivalda Paulina Deniz, do advogado Francisco Messias da Silva Jr e Dr. David.

O pré-candidato a prefeito da oposição Zé Almeida é presidente do Diretório Municipal do Solidariedade. Ele conta com o apoio do presidente da Câmara Municipal, vereador Bosco de Ataíde (SD) e dos vereadores Rildo Almeida (SD), Nildo de João de Mário (SD) e da vereadora Lourinha de Dedé de Assis (SD). O líder da oposição ainda conta com o apoio da ex-primeira-dama e pré-candidata a vereadora, Branca Pereira (a Meninona), do primeiro suplente da oposição e pré-candidato a vereador, Neguinho de Chico Manoel (SD), do líder político do Distrito de Tanques, Josinaldo Limeira, dos pré-candidatos a vereador João Paulo da Baixa Verde, Toinha da Boa Vista, Edileuza Almeida, Zé de Ataíde, do líder político do Distrito de Tanques Valdo de Serafim, da ex-candidata a vereadora, Cristina Martins e demais lideranças locais.

O empresário Zé Almeida conta com o apoio do Presidente Estadual do Solidariedade e vice-prefeito de João Pessoa, ex-deputado federal Manoel Júnior e do deputado estadual licenciado e atual Secretário Chefe do Governo do Estado, Júnior Araújo (Avante). O pré-candidato Zé Almeida começou a entrevista rogando a Deus pelo fim da pandemia da COVID-19 que tem atormentado o Brasil e o mundo.

Perguntado o que o levou a disputar o cargo de prefeito de sua terra natal Zé Almeida disse “Quando da emancipação política de Poço Dantas já tinha esse desejo, mas por motivo de trabalho esse sonho foi adiado. Agora reuni familiares e amigos e lancei o meu nome como pré-candidato a prefeito. Quero deixar o meu legado. Poço Dantas tem crescido para baixo igual a rabo de cavalo. O meu sonho é melhorar Poço Dantas”, ressaltou Zé Almeida.

“Saí de Poço Dantas aos 16 para São Paulo em busca de melhores condições de vida. Em São Paulo trabalhei como servente de pedreiro. Como não tive sucesso em São Paulo viajei para a região Amazônica onde consegui recursos”, disse Zé Almeida.

“Caso seja eleito o nosso governo terá o compromisso de cuidar das pessoas. Os cidadãos e as cidadãs deverão ser bem acolhidos, sentir confiança e segurança nas equipes e nos serviços de saúde. Caso o povo nos conduza ao poder, no nosso governo vamos assegurar as condições para o pleno funcionamento das escolas, como espaço educativo de qualidade, com estrutura adequada e profissionais valorizados. Vamos também priorizar o melhoramento das estradas vicinais”, assegurou o pré-candidato Zé Almeida.

“O chamado Fossão é um descaso total em Poço Dantas. Antes do fossão a gente tomava banho lá. Existe um mau cheiro no local. Existe a poluição do Rio do Peixe. Isso é muito grave uma vez que o Rio do Peixe deságua na barragem Capivara, em Uiraúna”, pontuou Zé Almeida.

“O Município de Poço Dantas nos últimos dois anos não recebeu verbas federal em razão do nome está no Cadastro Informativo de Créditos não Quitados do Setor Público Federal (CADIN), que é o um banco de dados no qual estão registrados os nomes de pessoas físicas e jurídicas em débito para com órgãos e entidades federais”, denuncia o pré-candidato da oposição Zé Almeida.

REVEJA A ENTREVISTA DO PRÉ-CANDIDATO ZÉ ALMEIDA.

Fabio Kamoto

Especialista em Marketing Político e Digital, Publicitário, Radialista, atua desde 2006 no jornalismo político. Passou pelas pelas Rádios Progresso e Jornal AM, Sousense FM, Líder FM e Mais FM.

Leia também

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *

Botão Voltar ao topo