Executivo

Presidente da Câmara de Marizópolis, Osmar Vitalino emite nota de repúdio e afirma em áudio que sua esposa nunca recebeu Auxílio Emergencial

O Presidente da Câmara Municipal de Marizópolis, vereador Osmar Vitalino (PP), vem a público informar aos marizopolenses, esclarecer alguns fatos e comentários ocorridos em grupos de whatsapp em Marizópolis e rebater acusações infundadas sobre o possível recebimento do Auxílio Emergencial por parte da esposa Thallane Martusse Dantas Pedrosa.

Ocorre que tais declarações não se coadunam com a verdade dos fatos. Em primeiro lugar a minha esposa não precisa receber o Auxilio Emergencial e em segundo lugar ela não realizou o cadastro e não recebeu o benefício financeiro concedido pelo Governo Federal destinado aos trabalhadores informais, microempreendedores individuais (MEI), autônomos e desempregados.

Não tenho culpa se em nossa cidade infelizmente existe uma política baixa, mesquinha, estreita, rasteira que tem como objetivo central denegrir a imagem do Presidente do Poder Legislativo de Marizópolis. Todavia, essas pessoas não irão me desmoralizar enquanto homem público. Não vão conseguir. Tenho como provar que minha esposa Thallane Martusse Dantas Pedrosa nunca recebeu o benefício.

Tais manifestações estão ofendendo e pretendendo macular o bom nome e o conceito que o vereador Osmar Vitalino conquistou perante a sociedade marizopolense. Como vereador eleito pelo voto direto, como agente político e como presidente do Poder Legislativo, sou um guardião da sociedade.Tomarei as medidas cabíveis para conseguir as provas concretas e oportunamente divulgarei aos marizopoleses.

Marizópolis-PB, 30 de julho de 2020.

José Osmar Vitalino
Presidente da Câmara Municipal de Marizópolis

 

 

Fabio Kamoto

Especialista em Marketing Político e Digital, Publicitário, Radialista, atua desde 2006 no jornalismo político. Passou pelas pelas Rádios Progresso e Jornal AM, Sousense FM, Líder FM e Mais FM.

Leia também

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *

Botão Voltar ao topo