Executivo

EM APARECIDA : Prefeito Valdemir Oliveira cria Programa de Assistência Jurídica para atender beneficiários que tiveram Auxilio Emergencial negado.

O prefeito Valdemir Oliveira em reunião com advogados da Procuradoria Jurídica do município, planejou desde o dia 19 de junho a implementação do Programa Assistência Jurídica a População, não havia ainda sido colocado em prática, devido o programa passar por uma fase elaborativa de adequação.

A partir desta segunda-feira, dia 06, o programa passará a funcionar na Secretaria de Ação Social, onde funciona também o prédio do Centro de Referência e Assistência Social (CRAS), localizada na Rua Terezinha Ferreira Pires, centro, ao lado do Colégio Jean Piaget.

A proposta do programa é disponibilizar os trabalhos advocatícios da Procuradoria Jurídica Municipal, para prestar um serviço de atendimento aos cidadãos aparecidenses, e realizar um verdadeiro mutirão no sentido de solucionar os problemas ocorridos nos casos do Auxilio Emergencial Negado.

As pessoas que tiveram o Auxílio Emergencial Negado serão atendidas pelo o advogado Marcos Vinícius, que estará disponível para receber a todos que queiram resolver essas questões. Os atendimentos acontecerão sempre a cada segunda-feira da semana, no horário das 08h às 12h. Cada problema será visto como um processo único, onde será averiguado com base jurídica, e será resolvido pelos tramites e os processos legais.

Os beneficiários que se enquadrem nessa situação negativada podem recorrer via a justiça. E se o caso for mais descomplicado, por exemplo, só por questões de impedimentos burocráticos, motivos os quais identificados junto a Caixa Econômica, o cidadão também será orientado. O advogado da procuradoria municipal informa que todas as pessoas levem sua documentação pessoal.

A secretária de Ação Social Cici Oliveira, falou que o programa foi idealizado num momento oportuno – “Existe uma demanda ainda considerável de beneficiários que não receberam o seu auxilio emergencial, e veio negativado. Muitos ficam com dúvidas e às vezes não sabe os motivos, ou mesmo como recorrer, então, o Programa de Assistência Jurídica do município, veio na hora certa, irá fazer um trabalho importante pra o esclarecimento e a solução dos problemas encontrados nos processos solicitados no perfil de cada pessoa” – destacou.

Fabio Kamoto

Especialista em Marketing Político e Digital, Publicitário, Radialista, atua desde 2006 no jornalismo político. Passou pelas pelas Rádios Progresso e Jornal AM, Sousense FM, Líder FM e Mais FM.

Leia também

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *

Botão Voltar ao topo