Executivo

Bernardino Batista: Agricultor denuncia que prefeito retira caixa d’água da Comunidade do Mariano e revolta a população; VEJA VÍDEO

O prefeito de Bernardino Batista, Gervazio Gomes retirou a caixa d’água da Comunidade do Mariano e revolta a população, denuncia o agricultor Inácio de Zé Guida. São 120 pessoas prejudicadas. Os moradores estão indo buscar água num açude sem tratamento a um km de distância na Comunidade de Bulandeira.

“O prefeito mandou encostar o caminhão aqui e tirou a caixa d’água daqui, mas o prefeito poderia ter deixado aqui para colocar água pra nós, mas ele fez essa covardia com nós. Ele não poderia ter feito isso com nós. Essa água era para servir a nós tudinho e ele fez isso com nós. “, disse o agricultor Inácio de Zé Guida.

O direito ao acesso a água potável é um direito fundamental, visto que intimamente ligado ao direito à vida e a saúde. Água é fonte da vida e dependemos dela para viver. A Organização das Nações Unidas – ONU, reconhece o direito à água potável como direito fundamental, visto que “negar água ao ser humano é negar-lhe o direito à vida, ou em outras palavras, é condená-lo à morte. O direito à vida antecede os outros direitos.

O acesso à água potável constitui necessidade básica e primária do ser humano. A falta de acesso à água potável, direito humano fundamental, representa um retrocesso a uma construção histórica de afirmação dos mais 1 STJ, 1ª Turma, Resp nº 440002, Rel. Min. Teori Albino Zavascki, DJU 06.12.2004, pág 195 – 6 – Procuradoria da República no Município de Dourados/MS elementares direitos do ser humano, inclusive e principalmente dos direitos clássicos de primeira geração, como o direito à vida.

 

 

Fabio Kamoto

Especialista em Marketing Político e Digital, Publicitário, Radialista, atua desde 2006 no jornalismo político. Passou pelas pelas Rádios Progresso e Jornal AM, Sousense FM, Líder FM e Mais FM.

Leia também

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *

Botão Voltar ao topo