ExecutivoRio Grande do Norte

Responsabilidade e Transparência: No sexto mês de gestão, prefeita de Pau dos Ferros quita mais de 4,6 milhões em dívidas deixadas pela gestão passada

As dívidas contraídas na gestão anterior foram a maior herança deixada para a população. Estamos falando de R$4.663.387,00, que a atual gestão teve que ampliar esforços para regularizar parte delas e evitar passar por mais transtornos, ao iniciar a administração pública da Prefeita Marianna Almeida.

Transparência e responsabilidade com a gestão do dinheiro público. De forma espontânea e em respeito ao cidadão pau-ferrense, a prefeitura de Pau dos Ferros, através da Secretaria Municipal de Finanças, inicia o sexto mês da gestão “Valorizando Nossa Gente” apresentando relatório de prestação de contas, e esclarecer a população como vem cuidando das contas públicas da nossa cidade.

Um dos primeiros desafios da prefeita Marianna Almeida ao assumir a Prefeitura de Pau dos Ferros, em janeiro deste ano, foi trabalhar para garantir a governabilidade, mantendo salários em dia e ampliando investimentos em infraestrutura. Para isso, decretou estado de calamidade financeira durante 60 dias, e pela nova gestão não ter tido acesso aos documentos essenciais para a manutenção dos serviços públicos municipais e nem à íntegra dos contratos e convênios no âmbito do Município, foi necessário acionar a Procuradoria Geral do Município e decretar a calamidade financeira para resolver questões em um curto prazo.

Conforme o Secretário Municipal de Finanças, Jenison Fontes, as contas da Prefeitura de Pau dos Ferros foram recebidas zeradas e com a parcela do Fundo de Participação dos Municípios (FPM) do dia 10 de janeiro de 2021 já comprometida com dívidas deixadas referentes ao mês de novembro e dezembro de 2020.” A gestão Marianna Almeida tem como principal característica o compromisso com Pau dos Ferros e, diante dos problemas constatados, tomamos o cuidado de conduzir as contas do município com mais responsabilidade e transparência. Para quitar essas dívidas, foi preciso fechar as “torneiras”, economizando com pessoal, economizando nas compras e no consumo em geral. Vale salientar que algumas dessas contas fomos pegos de surpresa, pois foram bloqueadas automaticamente e impedindo, assim, um planejamento adequado da atual gestão”, pontuou Jenison.

As dívidas contraídas na gestão anterior foram a maior herança deixada para a população. Estamos falando de R$4.663.387,00, que a atual gestão teve que ampliar esforços para regularizar parte delas e evitar passar por mais transtornos, ao iniciar a administração pública da Prefeita Marianna Almeida.

Somam-se quase 5 milhões, parte das dívidas deixadas com fornecedores e que foram quitadas pela SEFIN, agora em 2021. Inclui também prestadores de serviços, demandas judiciais, contas essenciais como: INSS, PASEP, Consignados, até mesmo contas básicas como as de energia elétrica da COSERN, Internet e Correios, foram acumuladas de forma irresponsável pelo ex-gestor.

Ao chegar no sexto mês de mandato, é de extrema importância estabelecer esse relacionamento de confiança do poder público com a população, para estreitar laços de credibilidade e cuidado administrativo ao gerir o município de forma responsável. “Vamos continuar nosso trabalho com foco, compromisso, responsabilidade, planejamento e, acima de tudo, transparência. Temos ainda muita conta da gestão passada e estamos estudando estratégias dentro da legalidade e analisando as melhores formas para pagar esses fornecedores, sem que cause prejuízo para eles e danos para a atual gestão. Esperamos que sejam responsabilizados quem de fato ocasionou esse prejuízo ao município de Pau dos Ferros”, reforça o Secretário de Finanças.

Fabio Kamoto

Especialista em Marketing Político e Digital, Publicitário, Radialista, atua desde 2006 no jornalismo político. Passou pelas pelas Rádios Progresso e Jornal AM, Sousense FM, Líder FM e Mais FM.

Leia também

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *

Botão Voltar ao topo